terça-feira, 22 de março de 2011

"A VINDA DO REINO DE DEUS"

Faz tempo que Lucas 17: 20 a 37 vem falando comigo, neste últimos dias tem me atraído. Leio e releio. Por isso resolvi compartilhar com vocês, meus irmãos.

Repararam como Jesus repete as palavras "dia" e "dias"? 

Noé, Ló e o Filho do homem tiveram os "seus dias" como também "o dia".

Que quer dizer "nos dias de..."?

É o tempo da graça. É o tempo que Deus permite ao homem se retratar para com Ele, pedir perdão, arrepender dos pecados, voltar para o "lar" pelos méritos de Jesus.

"Nos dias de Noé": é o mesmo que falar em 120 anos (Gn 6:3). O tempo que Deus deu ao seu servo para construir uma arca que seria a salvação dele, de sua casa, e de quem ali quisesse entrar. Encerrados estes dias, chegou "o dia" em que o Senhor ordena que Noé entre na arca com sua família e os animais; fecha a porta após eles e inicia-se o dilúvio. (Gn 7:1 a 16, reparem os vs 13 e 16). Terminou o tempo da oportunidade. Todos os demais que não entraram pois, não creram na mensagem de Noé, foram julgados e condenados. Confira Hebreus 11: 6 e 7 

E "nos dias de Ló"? Quando foi? Creio que desde que Ló chegou a Sodoma.
 I Pedro 2:6 a 8 nos diz que "...este justo ...atormentava a sua alma justa, cada dia, por causa das obras iníquas daqueles." Esse servo do Senhor era luz em meio as trevas. Quem quisesse segui-lo em sua fé, certamente salvaria sua vida da mesma forma, sendo retirado pelos anjos, daquela cidade pervertida. Gn 19: 1 a 29

Mas, e "nos dias do Filho do homem"? Quando foi?

Ainda é!

Sim, desde que Jesus cumpriu Sua missão de nos salvar naquela infame cruz, ressuscitando dentre os mortos, iniciou-se o tempo da graça de Deus estendida a nós gentios. A porta ainda está escancarada para todo o que crê. É o TEMPO DA OPORTUNIDADE. Todo arrependido de seus pecados encontra salvação em Jesus. Não há acepção de pessoas.

 "...desejareis ver um dos dias ( tempo da oportunidade) do Filho do homem e não o vereis.",(Lc 17: 22). Quando será isso?

Quando a porta se fechar. Quando chegar "o dia" do Filho do Homem (vs 24 e 30).Quando Ele levar consigo, arrebatar, os que creram, como Ele explica no próprio texto, nos vs 34 a 36. Será de repente, num mês, dia e hora. Será dia(v. 31), numa parte da terra (Ex: Brasil), e noite em outra (Ex: Japão), (v. 34) ou vice versa.

Os que ficaram, que foram deixados, são os que "quiseram preservar sua vida" (v.33), os que "amaram o presente século"; procurarão "os dias do Filho do Homem" e não encontrarão, procurarão a "porta escancarada" e ela estará fechada assim como o Senhor fechou a porta da arca pelo lado de fora; nem Noé poderia abrir se quisesse.  

Há mais algo interessante para meditarmos. Nos dias de Noé, de Ló e do Filho do homem, acontece algo em comum: "comiam, bebiam, casavam, davam-se em casamento, compravam, vendiam, plantavam e edificavam." É o que temos visto na atualidade: a rotina, a mesmice, o seguimento da vida cotidiana de todos os moradores de nosso planeta. Isso não é um mal em si mesmo. O perigoso é quando nós cristãos invertemos os valores. Quando Jesus e Seu Reino deixam de ser nossa prioridade.

 Imaginemos Noé. Ele devia levar sua vida rotineiramente como qualquer cidadão. Mas, ele tinha uma responsabilidade diária da qual ele não abria mão: construir a arca da forma como Deus lhe explicou. A esta tarefa ele se dedicava comprometidamente.

 Assim devemos nós nos espelhar nele. A cada dia nos dedicar ao reino de Deus. Viver, com alegria, a expectativa da volta de Jesus a qualquer momento. Olhar para cima e ver que nossa redenção está próxima. Aleluia!!! 

O reino de Deus está dentro de nós. Mas, queremos vê-lo estendido sobre toda a terra como as águas cobrem o mar. Por isso dizemos: MARANATA, ORA VEM SENHOR JESUS!

Que esta pequena serva do Senhor se faça entender, para edificação dos irmãos.

 VIGIEMOS ENTÃO. AMÉM!!!

   

2 comentários:

  1. Lindo, Dulce!!!
    Adorei seu blog, me fez lembrar nossas aulinhas, lembra?
    Beijo no coração.

    ResponderExcluir
  2. Ah, aqui é Danielli Morelli...rs...

    ResponderExcluir